Notícias

Salesiano Dom Bosco

04/06/2019
Por  Verlindo


Festa de Nossa Senhora Auxiliadora

Fé e amor marcaram a Festa de Nossa Senhora Auxiliadora, protetora dos Salesianos, na sexta-feira (31/05). A celebração ocorreu em dois momentos, o primeiro às 8h e o segundo às 10h30, com lindas Missas presididas por Pe. Ildelfonso Mesquita e pelo nosso diretor, Padre Eudes Barreto, e com a participação dos estudantes e educadores. Defato, foi um dia de festa para o colégio.

A cada ano, os estudantes, ex-alunos, pais, educadores e a sociedade baiana se reúne para prestarem uma homenagem a Nossa Senhora na nossa Escola. A ocasião marcou o encerramento do mês marino na escola e foi culminância das celebrações devotada a Mãe de Jesus e nossa.  A Celebração Eucarística aconteceu no Ginásio Nossa Senhora Auxiliadora e contou com a assistência ainda dos sacerdotes Salesianos: Padre Waldemar Pereira, Padre Carlos dos Santos, Padre Valdemar Pereira e Padre Paulo Andrade

_________________________________________________________________________________________________


Salesiano debate durante lançamento do filme “Maracangalha, Eu Vou”!

O Salesiano Dom Bosco (Paralela) realizou um cine-debate durante o lançamento do curta-metragem “Maracangalha, Eu Vou!”. Na ocasião, alunos, ex-alunos, educadores, pais e o público em geral tiveram a oportunidade de conversar um pouco sobre a produção com o diretor do espetáculo, Marcos Wainberg , a diretora executiva, Rada Rezedá e parte do elenco. O evento aconteceu na segunda-feira, 27/05, às 17h30mim, no Teatro do colégio.

A entrada para o filme foi 1 kg de alimentos não perecíveis que foram distribuídos entre comunidades carentes da Vila de Maracangalha com o apoio da Associação Moradores e Amigos de Maracangalha (AMAM).

A estudante do 4º ano do Ensino Fundamental I do Salesiano, Aine Rocha, participou com uma das atrizes da filmografia. O elenco de Maracangalha, eu vou! contou com 26 atores estreantes na telona e teve participações especiais de Mônica San Galo, Rosiane Pinheiro e do delegado, Valdir Barbosa.

Curta. “Maracangalha, Eu Vou!”  narra a história da artística  vila de Maracangalha, em São Sebastião do Passé, no Recôncavo Baiano e seus  excêntricos personagens. A direção é de Marcos Wainberg (Zorra Total) e o roteiro e  produção executiva de Rada Rezedá que soma em seu currículo 19 curtas realizados em parceria com o produtor Beto Magno (VM Filmes). Seis destes curtas foram rodados em Maracangalha. Os filmes sobre a vila cantada por Dorival Caymmi são inspirados no livro Cine Marcangalha, de Berbert de Castro, médico, jornalista e comentarista de cinema que durante 40 anos escreveu crônicas sobre Maracangalha no jornal A Tarde, em Salvador-BA.

Confira a vídeo da matéria da afiliada a Globo (TV Bahia), sobre esse momento: http://glo.bo/2MreD0R


Leituras relacionadas

Remodal