Notícias

Evento reúne reitores/diretores e lideranças das IES Católicas para discutirem modelos educacionais com sustentabilidade

28/05/2019
Por  Verlindo


No dia 22 de maio, o Centro Universitário Católico de Vitória e a Associação Nacional de Educação Católica do Brasil – Anec realizaram o Seminário “Inovação, Modernização e Sustentabilidade das IES Católicas”. O evento reuniu mais de quarenta líderes e representantes de Universidades e Faculdades Católicas de todo o país, a fim de discutir soluções para inovar e se diferenciar no mercado. Foram abordados temas como: modelo acadêmico baseado no desenvolvimento de competências com foco na empregabilidade do aluno, ensino híbrido, metodologias ativas e experimentais e gestão compartilhada.

Em sua fala de abertura, o reitor da Católica de Vitória, prof. Cledson Rodrigues, ressalta a importância de se reinventar para melhorar ainda mais a qualidade do ensino das instituições. “Além de trocar experiências, esse encontro fortalece nossa missão para termos cada vez mais ações e condutas alinhadas a uma mesma direção. Juntos teremos mais força e competência para inovar e garantir nossa perenidade”.

Falou ainda sobre o orgulho que Instituição tem ao dar um passo pioneiro em direção ao ensino inovador que busca uma formação muito além da técnica, em que o aluno é protagonista do seu próprio aprendizado em um modelo disruptivo de educação. “Tudo isso só é possível por que somos uma instituição sólida impulsionada por uma causa, um propósito e
uma crença fundamentada no comprometimento e transformação de uma sociedade melhor” destaca prof. Cledson.

O presidente da Anec, o Prof. Dr. Ir. Paulo Fossatti, reforçou a importância de fortalecer as redes de relacionamento das IES católicas. “Esse é um momento estratégico para rastrear as boas práticas, ter experiências e a sede de troca. Precisamos avançar nos trabalhos dessa grande rede católica de educação para criar estratégias de inovação e sustentabilidade. Queremos que nossos alunos saibam a importância de ter um bom diploma e a consciência de que sabem se relacionar, resolvem problemas, entregam produtos, cumprem prazos e metas”.

Os participantes conheceram as mudanças já implementadas na Católica de Vitória, por meio da gestão compartilhada com a Atmã Educar e puderam vivenciar experiências ativas e a prática de projetos reais. Além disso, conheceram um ambiente acadêmico inovador, salas de aula sem carteiras enfileiradas e laboratórios modernos para que os alunos aprendam a teoria e prática juntas.

Para o prof. Ryon Braga, reitor do Centro Universitário Uniamérica e fundador da Atmã Educar, o ensino hoje tem que atender essa geração maker, que aprende fazendo. “Vivemos a era da experiência, e nossos alunos querem se envolver e aprender com questões autênticas. A partir de práticas educacionais inovadoras focadas do modelo híbrido de educação em que a prática está alinhada à teoria, trabalhamos de forma adequada ao que o mercado exige. O resultado é alta empregabilidade e trabalhabilidade”.

“Reestruturar e inovar com sustentabilidade, esse é o desafio. A inovação traz sustentabilidade, nos proporciona sair do lugar comum e nos posiciona no mercado, a fim de competir com essa educação comoditizada dos grandes grupos”, destaca Ryon.

A vivência da prática em sala de aula

Os alunos do primeiro período dos cursos de Nutrição, Farmácia, Administração e Engenharia Civil apresentaram aos participantes do evento suas experiências ao longo do semestre letivo em que desenvolveram projetos e soluções para desafios reais das profissões.

A programação também contou com a palestra do advogado Ricardo Luiz Salvador com a temática ‘Modernização das Estruturas Jurídicas para a construção das finalidades das IES Confessionais. Além disso, o autor e prof. Rui Fava apresentou informações sobre Currículo baseado em competências. “Apresentamos um modelo acadêmico em que os alunos resolvam problemas complexos, tomem decisões e improvisem. Uma educação integral com identidade,
valores, virtudes e competências”.

De acordo com a gerente acadêmica da União Brasileira de Educação Católica – UBEC, Profa. Roberta Gontijo, o evento foi uma experiência necessária nesse momento de repensar o ensino superior. “Reunir líderes educacionais e repensar nossos modelos acadêmicos é essencial para todas as Instituições de Ensino. Ter esse olhar enquanto uma rede católica
educacional nos fortalece para juntos dar os passos necessários nesse momento de inovação acadêmica”.

Para Genésio Zeferino, reitor do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais – Unileste, “esse evento nos possibilitou conhecer o projeto acadêmico que está sendo implementado pela Católica de Vitória. É um modelo que busca dar respostas, de forma inovadora, a questões que, há muito, reclamam e urgem por mudanças, diante das constantes transformações que passam o cenário da educação superior e das gerações juvenis no Brasil e no Mundo”.

Fonte: Católica de Vitória


Leituras relacionadas

Remodal