Notícias

Espiritualidade: Momento de oração (24/03/2020)

24/03/2020
Por  ANEC Comunicação

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Amém.

A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.

Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Antífona: Levanta-te, pega a tua cama e anda.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João 5,1-16

Glória a vós, Senhor!

1Houve uma festa dos judeus, e Jesus foi a Jerusalém. 2Existe em Jerusalém, perto da porta das Ovelhas, uma piscina com cinco pórticos, chamada Betesda em hebraico. 3Muitos doentes ficavam ali deitados — cegos, coxos e paralíticos. 4De fato, um anjo descia, de vez em quando, e movimentava a água da piscina, e o primeiro doente que aí entrasse, depois do borbulhar da água, ficava curado de qualquer doença que tivesse. 5Aí se encontrava um homem, que estava doente havia trinta e oito anos. 6Jesus viu o homem deitado e sabendo que estava doente há tanto tempo, disse-lhe: “Queres ficar curado?” 7O doente respondeu: “Senhor, não tenho ninguém que me leve à piscina, quando a água é agitada. Quando estou chegando, outro entra na minha frente”. 8Jesus disse: “Levanta-te, pega tua cama e anda”. 9No mesmo instante, o homem ficou curado, pegou sua cama e começou a andar. Ora, esse dia era um sábado. 10Por isso, os judeus disseram ao homem que tinha sido curado: “É sábado! Não te é permitido carregar tua cama”. 11Ele respondeu-lhes: “Aquele que me curou disse: ‘Pega tua cama e anda’”. 12Então lhe perguntaram: “Quem é que te disse: ‘Pega tua cama e anda’?” 13O homem que tinha sido curado não sabia quem fora, pois Jesus se tinha afastado da multidão que se encontrava naquele lugar. 14Mais tarde, Jesus encontrou o homem no Templo e lhe disse: “Eis que estás curado. Não voltes a pecar, para que não te aconteça coisa pior”. 15Então o homem saiu e contou aos judeus que tinha sido Jesus quem o havia curado. 16Por isso, os judeus começaram a perseguir Jesus, porque fazia tais coisas em dia de sábado.

Palavra da Salvação. – Glória a vós, Senhor. Antífona: Levanta-te, pega a tua cama e anda.

Oração de Azarias na fornalha (Dn 3,26.27.29.34-41)

Arrependeivos e converteivos, para que vossos pecados sejam perdoados! (At 3,19).

 

Antífona: Senhor Deus, não nos tireis vosso favor!

 

–26 Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais. * Louvor e glória ao vosso nome para sempre!

–27 Porque em tudo o que fizestes vós sois justo, * reto no agir e no julgar sois verdadeiro.

 

–29 Sim, pecamos afastando-nos de vós, * agimos mal em tudo aquilo que fizemos.

–34 Não nos deixeis eternamente, vos pedimos, * por vosso nome: não rompais vossa Aliança!

=35 Senhor Deus, não nos tireis vosso favor, † por Abraão, o vosso amigo, por Isaac, *

o vosso servo, e por Jacó, o vosso santo!

=36 Pois a eles prometestes descendência † numerosa como os astros que há nos céus, * inconvel como a areia que há nas praias.

=37 Eis, Senhor, mais reduzidos nós estamos † do que todas as nações que nos rodeiam; *

por nossos crimes nos humilham em toda a terra!

–38 Já não temos mais nem chefe nem profeta; * não há mais nem oblações nem holocaustos,

– não há lugar de oferecer-vos as primícias, * que nos façam alcançar misericórdia!

=39 Mas aceitai o nosso espírito abatido, † e recebei o nosso ânimo contrito *

40 como holocaustos de cordeiros e de touros.

= Assim, hoje, nossa oferta vos agrade, †

pois não serão, de modo algum, envergonhados * os que põem a esperança em vós, Senhor!

–41 De coração vos seguiremos desde agora, * com respeito procurando a vossa face!

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Antífona: Senhor Deus, não nos tireis vosso favor!

Preces

Agradeçamos a Deus Pai, que nos pôs de pé em seu Filho Unigênito, a Palavra que se fez carne, nosso alimento e nossa vida; e supliquemos com confiança:

R. Que a palavra de Jesus Cristo habite em nossos corações!

Concedei-nos, nesta quaresma, escutar com mais frequência a vossa palavra e a obedecê-la, para louvarmos a Jesus Cristo, com maior piedade e devoção, neste dia e principalmente na grande solenidade pascal que se aproxima. R.

R. Que a palavra de Jesus Cristo habite em nossos corações!

Que o vosso Espírito Santo, ao nos mostrar nosso pecado, nos ensine o caminho do bem e nos faça testemunhas da vossa verdade e bondade para encorajar e para animar os que vacilam e os que eram, por uma sincera conversão. R.

R. Que a palavra de Jesus Cristo habite em nossos corações!

Fazei-nos viver mais profundamente o mistério de Jesus Cristo em meio às provações e dificuldades, e a manifestá-lo com clareza em nossa vida por palavras e ações. R.

R. Que a palavra de Jesus Cristo habite em nossos corações!

Purificai e renovai a vossa Igreja neste tempo de graça, para que ela proclame cada vez mais e melhor a vossa vontade e a vossa salvação. R.

R. Que a palavra de Jesus Cristo habite em nossos corações!

Volvei o vosso olhar benigno para os vossos filhos e filhas que se encontram enfermos e debilitados no corpo e na mente, que eles percebam a certeza da vossa presença e que o vosso amor os fortaleça. R.

R. Que a palavra de Jesus Cristo habite em nossos corações! Agora, no silêncio do seu coração, faça a sua prece

Pai nosso… Ave-Maria… Glória ao Pai…

Oremos

Senhor, no silêncio deste dia que amanhece, venho pedir-te a paz, a sabedoria e a força. Quero, hoje, olhar o mundo com olhos cheios de amor, ser paciente, compreensivo, manso e prudente, ver além das aparências teus filhos como Tu mesmo os vês e, assim, não ver senão o bem em cada um. Fecha meus ouvidos a toda calúnia. Guarda minha língua de toda maldade. Que só de bênçãos se encha meu Espírito. Que eu seja tão bondoso e alegre que todos quantos se achegarem a mim sintam a Tua presença. Reveste-me de Tua beleza, Senhor, e que, no decurso deste dia, eu Te não te ofenda, mas Te revele a todos! Amém.

Abençoe-vos o Deus Todo-Poderoso e Misericordioso, † Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Maria, Mãe da Igreja, rogai por nós que recorremos a vós. Amém. Recomendação

Unidos na fé, na esperança e na caridade, esse momento de provação não será apenas superado, mas sairemos renovados por uma grande lição quaresmal. Com o Senhor Jesus seguimos rumo à Páscoa, certos de que a morte não teve, não tem e nunca terá a última palavra sobre a vida. Porque Ele vive em nós, cremos que um amanhã de esperança está reservado para toda a humanidade.

Pe. Leonardo Agostini Fernandes


Leituras relacionadas

Remodal