Notícias

Espiritualidade: Momento de Oração (26/03/2020)

26/03/2020
Por  ANEC Comunicação

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

Amém.

A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco.

Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

Antífona: As obras que eu faço dão testemunho de mim.

O Senhor esteja convosco. – Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São João 5,31-47

Glória a vós, Senhor!

Naquele tempo, Jesus disse aos judeus: 31“Se eu der testemunho de mim mesmo, meu testemunho não vale. 32Mas há um outro que dá testemunho de mim, e eu sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro. 33Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade. 34Eu, porém, não dependo do testemunho de um ser humano. Mas falo assim para a vossa salvação. 35João era uma lâmpada que estava acesa e a brilhar, e vós com prazer vos alegrastes por um tempo com a sua luz. 36Mas eu tenho um testemunho maior que o de João; as obras que o Pai me concedeu realizar. As obras que eu faço dão testemunho de mim, mostrando que o Pai me enviou. 37E também o Pai que me enviou dá testemunho a meu favor. Vós nunca ouvistes sua voz, nem vistes sua face, 38e sua palavra não encontrou morada em vós, pois não acreditais naquele que ele enviou. 39Vós examinais as Escrituras, pensando que nelas possuís a vida eterna. No entanto, as Escrituras dão testemunho de mim, 40mas não quereis vir a mim para ter a vida eterna! 41Eu não recebo a glória que vem dos homens. 42Mas eu sei que não tendes em vós o amor de Deus. 43Eu vim em nome do meu Pai, e vós não me recebeis. Mas, se um outro viesse em seu próprio nome, a este vós o receberíeis. 44Como podereis acreditar, vós que recebeis glória uns dos outros e não buscais a glória que vem do único Deus? 45Não penseis que eu vos acusarei diante do Pai. Há alguém que vos acusa: Moisés, no qual colocais a vossa esperança. 46Se acreditásseis em Moisés, também acreditaríeis em mim, pois foi a respeito de mim que ele escreveu. 47Mas se não acreditais nos seus escritos, como acreditareis então nas minhas palavras?”

Palavra da Salvação. – Glória a vós, Senhor.

Antífona: As obras que eu faço dão testemunho de mim.

Salmo 142(143),1.6-11 Prece na aflição

Ninguém é justificado por observar a Lei de Moisés, mas por crer em Jesus Cristo (Gl 2,16).

Antífona. Fazei-me sentir vosso amor desde cedo!

1 Ó Senhor, escutai minha prece, *
ó meu Deus, atendei minha súplica!
– Respondei-me, ó vós, Deus fiel, *
escutai-me por vossa justiça!

6 Para vós minhas mãos eu estendo; †
minha alma tem sede de vós, *
como a terra sedenta e sem água.

7 Escutai-me depressa, Senhor, *
o esrito em mim desfalece!
– Não escondais vossa face de mim! †
Se o fizerdes, já posso contar-me *
entre aqueles que descem à cova!

8 Fazei-me cedo sentir vosso amor, *
porque em vós coloquei a esperança!
– Indicai-me o caminho a seguir, *
pois a vós eu elevo a minha alma!
9 Libertai-me dos meus inimigos, *
porque sois meu refúgio, Senhor!

10 Vossa vontade ensinai-me a cumprir, *
porque sois o meu Deus e Senhor!
– Vosso Esrito bom me dirija *
e me guie por terra bem plana!

11 Por vosso nome e por vosso amor *
conservai, renovai minha vida!
– Pela vossa justiça e clemência, *
arrancai a minha alma da angústia!

Antífona. Fazei-me sentir vosso amor desde cedo!

Breve reflexão

Nesse tempo de provação, podemos nos aproximar ainda mais da Sagrada Escritura, de forma individual ou em família. Pela leitura de seus textos, cada um de nós pode adquirir o conhecimento da verdade e, por este, experimentar a força que nos liberta de todas as formas de injustiças, egoísmos e mentiras que nos escravizam.

Se, por um lado, o testemunho que uma pessoa dá de si mesma não tem valor em um tribunal, por outro lado, o testemunho que damos da fé em Deus pode ter muito valor para a sociedade, em particular quando está cheio de palavras de esperança e de obras de caridade. Esse é o testemunho que o Pai, pelo Filho na unção do Espírito Santo, nos ajuda a ter e quer encontrar em cada um de nós, pois ilumina o mundo, em particular quando a humanidade passa por momentos difíceis.

Somos agraciados, pois a Sagrada Escritura nos comunica a revelação de Deus e nos permite experimentar a sua presença e a força do seu amor, manifestados em Jesus Cristo, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida por nós (Mt 20,28). Ele espera de nós a ação libertadora: Amai-vos como eu vos amei (Jo 13,34).

Preces

Proclamemos a misericórdia de Deus, que nos ilumina com a graça do Espírito Santo, para que resplandeçam em nossas obras a justiça e a santidade; e supliquemos:

  1. Dai a vida, Senhor, ao povo que Jesus Cristo redimiu!

Senhor, fonte e autor de toda santidade, fortalecei os bispos, os sacerdotes e os diáconos em sua união com Cristo por meio do mistério eucarístico, para que se renove sempre mais a graça que receberam pela imposição das mãos. R.

Ensinai os vossos fiéis, nesse momento de reclusão social, a refletir sobre o vosso infinito amor revelado na mesa da Palavra e da Eucaristia, a fim de que, unidos em família, se fortaleçam mutuamente pela fé e pela oração constante. R.

Ensinai-nos a reconhecer a dignidade de cada pessoa humana, redimida pelo Sangue de vosso Filho, e a respeitarmos a sua liberdade e a sua consciência religiosa. R.

Fazei que todos os seres humanos, pelos exercícios quaresmais, saibam moderar seus desejos de bens temporais, e estejam atentos e prontos para socorrer o próximo em suas necessidades, sejam elas corporais ou espirituais. R.

Agora, no silêncio do seu coração, faça a sua prece

Pai nosso… Ave-Maria… Glória ao Pai…

Oremos

Senhor, no silêncio deste dia que amanhece, venho pedir-te a paz, a sabedoria e a força. Quero, hoje, olhar o mundo com os olhos cheios de amor, ser paciente, compreensivo, manso e prudente, ver além das aparências teus filhos como Tu mesmo os vês e, assim, não ver senão o bem em cada um. Fecha meus ouvidos a toda calúnia. Guarda minha língua de toda maldade. Que só de bênçãos se encha meu Espírito. Que eu seja tão bondoso e alegre que todos quantos se achegarem a mim sintam a Tua presença. Reveste-me de Tua beleza, Senhor, e que, no decurso deste dia, eu Te não te ofenda, mas Te revele a todos! Amém.

Para a nossa vivência

Inspirados pelos textos que ouvimos e meditamos, procuremos transcorrer esse dia com serenidade, testemunhando a presença e o amor de Deus através de nossas palavras e ações. Agora é o tempo favorável para a família viver da fé razoável e da razão cheia de fé, a fim de que o afeto e o carinho mútuo sejam um bálsamo, para que a gentileza e as boas obras se multipliquem ao nosso redor. Que o pensamento negativo seja vencido pela boa lembrança. Que o que existe de mais bonito em cada um de nós revele que Jesus Cristo está vivo e que a sua misericórdia é infinita!

O Senhor esteja convosco (conosco).

Ele está no meio de nós.

Abençoe-vos o Deus Todo-Poderoso e Misericordioso,

† Pai e Filho e Espírito Santo. Amém.

Maria, Mãe da Igreja, rogai por nós que recorremos a vós. Amém.

Glorioso mártir São Sebastião, livrai-nos desta pandemia. Amém.

Pe. Leonardo Agostini Fernandes


Leituras relacionadas

Remodal